Pesquisa


Projetos Mais Acessados

  1. Risos e lágrimas:o teatro amador em Santo André na década de 1960
  2. Punks do ABC: bandas, gangues e idéias de um movimento cultural...1980
  3. A Segunda Guerra Mundial no ABC e a trajetória de seus combatentes
  4. Culturas e linguagem: metáforas em identidades, ritos e cerimônias nas
  5. Comunicação e cultura na Johannes Keller Schule em São Caetano do Sul
  6. Associações alemãs em São Paulo
  7. A alma feminina nos palcos do ABC: o papel das atrizes (1965 a 1985)
  8. O Grupo Teatro da Cidade: experiência profissional nos palcos do ABC..
  9. Comunicação, Identidade e Memória na Comunidade Germânica no ABC
  10. Ativismo feminista e questão racial

Todos os Temas
Todos os Projetos

Grada Theresia Broekman van der Zwaan

Grada Theresia Broekman van der Zwaan chegopu no Brasil em 1969, aos 32 anos, para trabalhar como voluntária na urbanização de quatro favelas na região do Parque João Ramalho, em Santo André. Casou-se no Brasil com um holandês que trabalhava no mesmo projeto que ela. Adotou duas filhas. Grada relata como foi a Segunda Guerra Mundial na região onde vivia. Conta como eram as festas de final de ano na terra natal e canta "Noite Feliz" em holandês. Imagem do Depoente
Nome:Grada Theresia Broekman van der Zwaan
Nascimento:23/12/1936
Gênero:Feminino
Profissão:Nutricionista / Assistente de enfermagem
Nacionalidade:Holanda
Naturalidade:Heino

Arquivos de Imagem

Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I001

Passaporte de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa - capa (1992)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I002

Passaporte de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa - foto (1992)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I003

Passaporte de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa - dados pessoais (1992)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I004

Certidão de casamento dos pais de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa, onde constam os nomes e datas de nascimentos dos 12 filhos do casal - capa (1925)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I005

Certidão de casamento dos pais de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa - dados do casal (1925)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I006

Certidão de casamento dos pais de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa - dados dos filhos I (1925)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I007

Certidão de casamento dos pais de Grada, imigrante holandesa - dados dos filhos II (1925)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I008

Certidão de casamento dos pais de Grada Theresia Broekman van der Zwaan - dados dos filhos III (1925)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I009

Certidão de casamento dos pais de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa - dados dos filhos IV (1925)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I010

Comprovante de nascimento de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa (1954)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I011

Comprovante de nascimento de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa (1990)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I012

Jornal sobre a urbanização da favela de Piracanjuba, em Santo André, um projeto do grupo de holandeses do qual Grada fazia parte (capa) - 1992
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I013

Início da construção do Centro Comunitário Dom Jorge, no Parque João Ramalho, em Santo André (SP) - 1969
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I014

Shirley e Mara, as duas filhas adotivas do casal Grada e Adriano, imigrantes holandeses (1969)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I015

Crianças do primeiro internato onde Grada Theresia Broekman van der Zwaan trabalhou, no Parque João Ramalho, em Santo André (SP) - 1969
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I016

Mara, filha adotiva de Grada Theresia Broekman van der Zwaan e Adriano van der Zwaan, imigrantes holandeses, brincando no quintal de casa, no Parquel João Ramalho, em Santo André (SP) - 1972
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I017

Presidente da colônia de holandeses do interior de São Paulo, Holambra, em visita ao Centro Comunitário do Parquel João Ramalho, em Santo André (SP) - 1970
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I018

Favela do Bairro João Ramalho, em Santo André, na década de 1970
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I019

Término da construção do Centro Comunitário Dom Jorge, que começou a ser erguido em 1969. Parque João Ramalho, Santo André (SP) - 1969
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I020

Grada e a filha Shirley recebendo o cardeal holandês Alfrink em visita que fez às obras de urbanização das favelas do Parque João Ramalho, em Santo André (SP) - 1969
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I021

Bairro João Ramalho, em Santo André (SP). Ao fundo, a casa de Grada e Adriano, imigrantes holandeses, na Rua Piracanjuba (1972)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I022

Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa, reunida com a comunidade do Parque João Ramalho, no Centro Comunitário Dom Jorge, em Santo André (SP) - 1980
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I023

Dom Jorge, o primeiro bispo de Santo André, em cerimônia para a mudança do nome do Centro Social Santo Alberto para Centro Comunitário Dom Jorge (1981)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I024

Centro Comunitário Dom Jorge, que funciona até hoje no Parque João Ramalho, em Santo André (SP) - 1992
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I025

Cópia do CIC e do RG de estrangeiro de Grada Theresia Broekman van der Zwaan, imigrante holandesa, com registro de entrada no Brasil, em 20/01/1969
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I026

Pote holandês da região de Delft, com desenhos pintados à mão - frente (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I027

Pote de porcelana holandesa, da região de Delft, com desenhos pintados à mão - outro lado (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I028

Pote holandês da região de Delft, com desenhos pintados à mão - fundo e tampa (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I029

Garrafa de porcelana holandesa, pintada à mão, da região de Enter - frente (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I030

Garrafa de porcelana holandesa, pintada à mão, da região de Enter - parte de trás (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I031

Garrafa de porcelana holandesa, pintada à mão, da região de Enter - fundo (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I032

Xícara de porcelana holandesa, pintada à mão, da região de Heino - frente (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I033

Xícara de porcelana holandesa, pintada à mão, da região de Heino - fundo (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I034

Pires de porcelana holandesa, pintado à mão, da região de Heino (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I035

Pires de porcelana holandesa, pintado à mão, da região de Heino - fundo (s/d)
Grada Theresia Broekman van der Zwaan_I036

Lenço holandês, usado pelas mulheres em dia de festa, amarrado no pescoço (s/d)


Acervo Hipermídia de Memórias do ABC - Universidade de São Caetano do Sul